25 de Fevereiro de 2011

 

Finalmente um pouco de sol e calor.  

 

Deixamos uma pequena questão para reflexão: será que os maiores prazeres não dependem apenas da forma como vemos as coisas?

 

E agora a sugestão: aproveite o sol. É pranzeteiro, gratuito e disponível para todos. E já agora, desejamos um excelente fim de semana.

publicado por psicopersonalidades às 15:30

23 de Novembro de 2010
Acreditamos que as condições para a aquisição de uma formação profissional verdadeiramente qualificada passam pelo desenvolvimento das potencialidades pessoais, dos horizontes culturais e do espírito crítico.
Assim, centramos o nosso plano de formação no propósito de proporcionar um vasto leque de “ferramentas” que permitam adquirir, não só uma maior consciência da sua própria mestria, mas também a necessária competitividade.
Saber Fazer, Sabendo Ser”, é o lema deste plano de formação.

publicado por psicopersonalidades às 10:16

22 de Novembro de 2010

Pretende-se oferecer um serviço personalizado de orientação de trabalhos académicos e científicos na área das Ciências Sociais e Humanas (Psicologia, Sociologia, Serviço Social, Criminologia, Gestão, Recursos Humanos, Direito, etc.). 
Orientado por investigadores e docentes universitário doutorados, com vasta experiência de orientação científica, este serviço poderá abarcar trabalhos de cariz científico de diversas índoles, tais como:

  • Monografias
  • Teses de mestrado
  • Teses de Doutoramento
  • Trabalhos de investigação científica
  • Relatórios de estágio
  • Trabalhos académicos

Apoios especializados:

Análise e discussão de temas

– Apoio à selecção da temática a tratar, planeando de antemão todo o desenrolar do trabalho. Porque escolher um tema de trabalho não é só uma questão de interesse ou curiosidade, há que conhecer de antemão a eficiência do seu tratamento, verificando meios e prevendo resultados.

 

Orientação à pesquisa/recolha bibliográfica

– Construção de um plano personalizado de pesquisa/recolha bibliográfica, com a identificação de palavras-chave e descritores principais, assim como as respectivas alternativas nos idiomas mais adequados. Neste trabalho, são também identificadas as fontes onde poderão aceder à selecção bibliográfica, podendo haver também apoio na recolha propriamente dita.

 

Tratamento estatístico

– Orientação no desenvolvimento de um plano de processamento e análise estatística, quer seja de índole qualitativa, quer quantitativa. Desde a recolha de dados, até à sua análise e interpretação, contamos com especialistas na área do tratamento estatístico que poderão contribuir efectivamente para o sucesso da sua investigação. Os programas informáticos usados poderão ser, entre outros, o S.P.S.S., o NVivo, o MaxQDA, adequando as suas potencialidades aos objectivos de cada trabalho ou obra.

 

Revisão de textos

– Avaliação prévia do texto/obra realizada, que inclui a revisão ortográfica, gramatical, sintáctica do texto, bem como do seu conteúdo científico, adequação da linguagem, coerência e de conformidade bibliográfica.

 

Simulação de apresentação/defesa de trabalhos

– Construção de um plano de apresentação/defesa do trabalho realizado, em que se antecipam obstáculos e estratégias de os ultrapassar, potencializando o sucesso de apresentação.

publicado por psicopersonalidades às 10:14

18 de Novembro de 2010

 

Trata-se nesta valência de, em conjunto com o casal ou com a família, solucionar problemas existentes na relação, e/ou deprevenir dificuldades que se avizinham, bem como de promover a qualidade da relação no sentido de elevar o bem-estar individual de todos os envolvidos.

 

 

CONSULTA PSICOLÓGICA DE CASAL

 

Entende-se como casal duas pessoas ligadas no âmbito de uma relação do tipo amorosa ou afim, sejam cônjuges, namorados, parceiros, etc., e seja o casal homo- ou heterossexual.

 

Problemas de relacionamento
Incluem-se conflitosdesgaste emocionaldesinvestimento amoroso, dificuldades de comunicação, situações de ruptura(separação e divórcio). 
Ignorar problemas, com a esperança que acabem por desaparecer é um hábito que, em vez de resolver, tende a aprofundar ressentimentos mútuos. Procurar ajuda profissional poderá evitar consequências futuras nefastas não só para o casal, mas também para cada um dos seus elementos.
Em caso de ruptura eminente ou consumada, a terapia não visa a priori a manutenção do casal ou a sua separação, mas sim o apoio necessário às dificuldades existentes, à tomada de decisão e à sua concretização, por parte de ambos os elementos.
Da promoção da qualidade da relação podem igualmente beneficiar namorados que desejem potenciar o sucesso futuro do seu relacionamento.

 

Dificuldades sexuais
Uma vivência sexual gratificante para ambos os elementos do casal assume uma importância capital, entrelaçando-se com a vivência emocional.
A terapia sexual (de casal) incide sobre temáticas de comunicaçãosatisfação, e disfunção (do desejo, excitação, orgasmo e dor sexual).

 

 

 

CONSULTA PSICOLÓGICA FAMILIAR

 

O conceito de família engloba todas e quaisquer pessoas com ligação do tipo familiar, para lá do casal.

 

Problemas de relacionamento
Incluem-se neste âmbito relações entre pais e filhos, entre irmãos, e no seio da família alargada (incluindo outros elementos).

 

Adaptação a transições de vida
Trata-se de facilitar o confronto com situações stressantes, com acontecimentos ou com fases de vida que colocam desafios aos membros familiares. Incluem-se, por exemplo, situações de:
- maternidade e paternidade, singulares ou conjuntas
- constituição de famílias de recasamento
- gravidez na adolescência
- doença, invalidez ou morte de um membro da família
- saída dos filhos da casa parental
- famílias vítimas de criminalidade
- relocalização familiar ou aculturação
- adaptação a uma nova realidade profissional, à reforma
- necessidade de mediação familiar, em situações de divórcio, partilha de bens, etc.

 

 

No Personalidades, a consulta psicológica de casal/familiar realiza-se em  sistema de co-terapia, ou seja, todas a consultas são orientadas por um casal de psicoterapeutas, com vasta experiência de intervenção nestas problemáticas.

 

 

Há sempre formas de poder ser feliz...

Procure-nos.

publicado por psicopersonalidades às 16:15

17 de Novembro de 2010

O apoio psicopedagógico a crianças, adolescentes e jovens adultos pretende desenvolver estratégias de aprendizagem e competências pessoais com vista a promover o sucesso escolar/académico.

 

Após um diagnóstico prévio das dificuldades (concentração, memória, método de estudo, gestão do tempo, etc.) e ritmos de aprendizagem individuais, a intervenção poderá passar por desenvolver métodos de estudo e planos de horários personalizados, de forma a rentabilizar o seu tempo de estudo, promovendo assim uma maior autonomia, motivação e auto-confiança nas suas capacidades, de forma a maximizar o seu desempenho escolar/académico.

Por onde se começa…
(O processo de apoio pedagógico especializado tem inicio com uma consulta de avaliação pedagógica especializada, com o objectivo de diagnosticar, avaliar e caracterizar a natureza especifica das dificuldades de aprendizagem manifestadas por crianças e jovens, bem como apresentar propostas concretas de intervenção educativa a desenvolver em articulação com pais, escolas e/ou técnicos da área da reabilitação (Terapia da Fala, Apoio Pedagógico Especializado e/ou Psicomotricidade).

Métodos e Técnicas
As técnicas e métodos de avaliação utilizados são extremamente variados dependendo do objectivo contruido na consulta de avaliação pedagógica especializada. Assim, pode usar-se desde entrevistas, sessões de observação a nível individual, aplicação de testes estandardizados e não estandardizados (avaliação da linguagem oral e escrita, da consciência fonológica, da psicomotricidade, da discriminação e memória visual e auditiva, dos níveis de desempenho nas áreas académicas, da motivação para a aprendizagem…), análise de produções escritas em diferentes situações (cadernos, testes, sumários das várias disciplinas ou áreas disciplinares), análise das fichas de registo de avaliação sumativa (reconstituição do percurso escolar).

Quem procura
A maioria dos pedidos de consulta são formulados pelos pais e relacionam-se com dificuldades de aprendizagem que, com frequência, são consentâneas com um quadro de dificuldades específicas de aprendizagem (dislexia, disortografia, disgrafia, discalculia…) e afectam crianças e jovens de uma faixa etária muito diversificada, que inclui os três ciclos de escolaridade básica e o ensino secundário.

E depois da avaliação?
Da avaliação efectuada, decorre a elaboração de um plano de reeducação que visa uma intervenção pedagógica especializada, nas áreas em que a criança e/ou o jovem manifesta dificuldades.
A planificação das estratégias e actividades a desenvolver em contexto reeducativo, tem como princípios orientadores a promoção de:


• Aprendizagens mutissensoriais 
• Ensino estruturado e cumulativo 
• Ensino directo e explícito 
• Ensino diagnóstico 
• Ensino sintético e analítico 
• Automatização das competência aprendidas 

As sessões de reeducação deverão ocorrer, no mínimo, uma vez por semana em sessões de 1h 30m a 2h (de acordo com o nível etário). No final de cada sessão, serão propostas actividades a desenvolver ao longo da semana, com o objectivo de reforçar o trabalho efectuado.

publicado por psicopersonalidades às 09:13

16 de Novembro de 2010

O Gabinete de Psicologia Personalidades oferece um acompanhamento especializado que, através da Consulta de Orientação e Aconselhamento Vocacional proporciona uma ajuda especializada na construção e implementação de projectos de vida, no âmbito escolar e profissional.

 

Processo de Exploração Vocacional

 

1ª Fase

 

O processo de Orientação inicia-se com uma fase de sensibilização à importância do desenvolvimento vocacional no quadro de vida do indivíduo e do papel activo e responsável que este deve assumir na sua direcção e dinamização.

 

2ª Fase


Prossegue com uma análise das diversas dimensões do desenvolvimento vocacional, introduzindo progressivamente diversas actividades, individuais e em grupo, promotoras e orientadoras desse desenvolvimento. Entre essas actividades, incluem-se:

  • diversas modalidades de avaliação psicológica (testes vocacionais e de aptidões/competências), visando clarificar e aprofundar o conhecimento de si próprio;
  • consultas individuais de aconselhamento vocacional, procurando responder de forma personalizada às necessidades de cada um;
  • análise de informação escolar e profissional (saber quais os cursos técnico-profissionais, os estabelecimentos de ensino e cursos superiores, bolsas de estudo, saídas profissionais ou outras questões que precise esclarecer) e disponibilização de materiais e fontes informativas, com o objectivo de desenvolver atitudes e competências favoráveis à exploração vocacional.

3ª fase


Neste âmbito, realizam-se também consultas com Pais ou Encarregados de Educação, com objectivos quer de informação, quer de sensibilização ao seu papel especifico no desenvolvimento vocacional dos jovens.

 

4ª Fase
O processo conclui-se com a elaboração de um relatório ou dossier individual onde se sintetizam os aspectos mais relevantes das diferentes fases. Este documento visa proporcionar material estruturado de reflexão para a tomada de decisão e o planeamento quanto a trajectórias vocacionais futuras.

 

A Consulta de Orientação e Aconselhamento Vocacional do Gabinete de Psicologia Personalidades enquadra-se nas mais recentes perspectivas conceptuais da Psicologia Vocacional e é apoiada por técnicos especializados neste domínio.

 

A escolha de um agrupamento ou curso podem condicionar significativamente o empenho e êxito profissional futuros. A Consulta e Aconselhamento Vocacional pretende ajudar a uma tomada de decisão consciente e responsável, contribuindo para um futuro profissional e pessoal com sucesso.

 

Programas especiais para:
publicado por psicopersonalidades às 09:12

15 de Novembro de 2010

Os objectivos do processo de avaliação psicológica são diversos, podendo passar pela despistagem, verificação de hipóteses, diagnóstico, prognóstico e encaminhamento para intervenção. 

As técnicas e métodos de avaliação dependem do objectivo do processo de avaliação psicológica e podem passar por entrevistas, observação directa, inventários de comportamento, interesses ou atitudes, instrumentos de avaliação cognitiva,  da personalidade, neuropsicológica e pedagógica.


O Gabinete de Psicologia Personalidades oferece vários tipos de avaliações especializadas:

 

 

 

Avaliação para entrada antecipada no Ensino Básico
Consiste numa avaliação psicopedagógica a crianças em idade pré-escolar, focalizada no seu desenvolvimento cognitivo, emocional, linguístico, motivacional e socioafectivo. Pretende-se avaliar, deste modo, se uma dada criança detém as competências desenvolvimentais necessárias para ingressar no 1º Ciclo do Ensino Básico, mesmo antes de completar os 6 anos de idade.
O Gabinete de Psicologia Personalidades está credenciado para o efeito, ao abrigo do Despacho 173/ME/91, de 23 de Outubro, no seu artigo 22º. Este diploma regulamenta as medidas constantes do Regime Educativo Especial. Esta credenciação é atribuída pela Direcção Regional de Educação.

 

Despiste Psicopatológico
Pretende despistar traços ou tendências para o desenvolvimento de perturbações psicopatológicas, tais como depressão, esquizofrenia, perturbação bipolar, etc. Destina-se a quem possa considerar necessário despistar possíveis perturbações, seja para clarificar possíveis sintomas desviantes, seja para despistar tendências genéticas.

 

Avaliação de potencialidades/competências individuais
Pretende explorar as potencialidades individuais, com vista a desenvolver a consciência de si próprio, promovendo a construção informada da sua identidade e planos de vida. A avaliação poderá abranger competências cognitivas (inteligência, raciocínio), afectivas e sociais. Para tal são usadas as mais recentes estratégias de avaliação psicológica, seja a avaliação da inteligência, seja a avaliação da personalidade.

 

Avaliação Desenvolvimental
Consiste na avaliação do processo desenvolvimental de crianças e adolescentes, com vista a despistar possíveis desvios, tanto positivos (sobredotação), como negativos (atrasos desenvolvimentais). Para além do diagnóstico do processo de desenvolvimento, complementa-se a intervenção com um plano de promoção desenvolvimental, com vista a colmatar possíveis desvios e a potencializar as competências individuais mais relevantes.Alguns exemplos de problemáticas/sintomas que podem levar à necessidade de proceder a uma avaliação desenvolvimental junto de crianças e adolescentes, são os seguintes:

 

• Insucesso

• Dificuldades de aprendizagem
• Dificuldades relacionais (timidez, por exemplo)
• Dificuldades de gestão emocional (instabilidade emocional, apatia, agressividade, etc.)

• Sobredotação

 

Despiste de Hiperactividade
A hiperactividade (com ou sem défice de atenção) é hoje uma preocupação de muitos pais e encarregados de educação.Vivemos num mundo em que o stress é um fenómeno cada vez mais generalizado e ao qual as crianças e adolescentes não são imunes. 
Cumpre perceber a fronteira entre uma criança diligente e activamente saudável e a criança portadora de uma perturbação de hiperactividade com défice de atenção. Um diagnóstico precoce poderá fazer a diferença no sucesso do seu desenvolvimento futuro.

 

Descoberta de Talentos
A infância é um período fundamental para o desenvolvimento humano. Conhecer os talentos infantis constituiu-se como uma tarefa fundamental para a sua promoção. Reconhecer para potencializar talentos, é o nosso lema. Acreditamos que todos nós temos talentos. O sucesso pessoal, escolar e profissional passa pelo reconhecimento daquilo em que somos realmente talentosos e pela sua promoção. Queremos contribuir para um futuro melhor, em que cada criança possa cumprir cabalmente as suas reais potencialidades.

 

Avaliação/Previsão do desempenho de Recursos Humanos em função de critérios mensuráveis
Partindo de um perfil funcional previamente estabelecido, avaliamos com critérios mensuráveis não só potenciais candidatos para identificar os mais adequados, mas também actuais colaboradores com vista à identificação de necessidades de formação e desenvolvimento ou oportunidades de evolução na carreira. 
Desta forma, pretendemos ajudá-lo a si e à sua empresa a minimizar os riscos das escolhas associadas à gestão da carreira dos seus colaboradores.

 

Entre outras, poderemos adoptar diferentes metodologias de avaliação de potencial:

 

Aptidões/Competências específicas
Os testes de aptidões/competências específicas avaliam o grau de sucesso em termos de performance concreta, analisando em que medida uma pessoa é capaz de concretizar adequadamente determinadas tarefas inerentes à função para a qual se candidata. Pretende-se, pois, identificar os candidatos que maiores probabilidades apresentam de desempenhar correctamente dada função/tarefa. Poderão ser avaliadas, entre outras, as seguintes competências:

 

• Tipos de Raciocínio (numérico, espacial, abstracto, mecânico e verbal); 
• Competências Verbais e Relacionais;
• Competências Informáticas, etc.

 

Avaliação da Personalidade

A avaliação da personalidade permitem conhecer o estilo comportamental/atitudinal de cada pessoa no seu contexto de trabalho, proporcionado informações extremamente úteis em termos de previsão da adequação da pessoa à função.

publicado por psicopersonalidades às 09:09

14 de Novembro de 2010

O Gabinete de Psicologia Personalidades funciona como um espaço relacional, onde os afectos e as palavras são protagonistas.

 

Proporcionando um ambiente confidencial e isento de julgamentos, cada pessoa é perspectivada como um ser único, digna do maior respeito e seriedade. Por isso, o Gabinete de Psicologia Personalidades assenta numa perspectiva construtivista da intervenção psicológica, com objectivos essencialmente desenvolvimentais, em que cada pessoa encontra um espaço à sua medida, e em função das suas necessidades mais prementes.

 

Ao psicólogo cabe desafiar e apoiar quem o procura, facilitando um processo de auto-exploração, de forma a rentabilizar os seus recursos e melhor gerir as suas dificuldades.

 

A Consulta Psicológica não é um luxo:

é uma necessidade para requacionar problemas e situações de vida.


A Consulta Psicológica não é só para pessoas perturbadas psicologicamente:

promove a saúde e previne a doença.

 

A Consulta Psicológica pode ser uma “ponte” para o bem-estar físico, emocional e social…

 

Não percorra sozinho um caminho que pode fazer acompanhado...

 

Para quem procura um psicólogo...

 

Para quem já decidiu: 1º passo

 

Razões para procurar ajuda psicoterapêutica

 

publicado por psicopersonalidades às 09:08

13 de Novembro de 2010

Personalidades: Consultoria & Formação foi criado a pensar em si! Pretende dar resposta a um vasto leque de solicitações nas áreas da Investigação Científica, Gestão de Recursos Humanos, Formação, Qualidade, etc. Baseada na vasta experiência profissional da sua equipa de trabalho, pretende ser uma mais-valia para os seus clientes, sejam indivíduos ou empresas.

 

Essencialmente vocacionado para trabalhar em parceria consigo ou com a sua empresa, o Personalidades: Consultoria & Formação propõem-lhe "caminhos" para o sucesso.

publicado por psicopersonalidades às 09:06

12 de Novembro de 2010

Gabinete de Psicologia Personalidades é uma iniciativa que pretende revolucionar os serviços prestados na área da Psicologia e da Psicopedagogia. Baseada na vasta experiência profissional da sua equipa de trabalho, pretende ser uma mais-valia para os seus clientes, contribuindo para o seu bem-estar pessoal e social.

 

Essencialmente vocacionado para trabalhar na intervenção psicológica, social e pedagógica, o Gabinete de Psicologia Personalidades apresenta-lhe uma “ponte” para o seu objectivo de vida.

publicado por psicopersonalidades às 09:05

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

10 seguidores
Contactos
Rua Camilo Castelo Branco, nº 983, Salas 13 e 14

4400-063 Vila Nova de Gaia

Tel.: 960 297 084

info@personalidades.eu

http://www.personalidades.eu

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


pesquisar