19 de Maio de 2011

Dispersão

Perdi-me dentro de mim 
Porque eu era labirinto 
E hoje, quando me sinto. 
É com saudades de mim. 

Passei pela minha vida 
Um astro doido a sonhar, 
Na ânsia de ultrapassar, 
Nem dei pela minha vida... 

Para mim é sempre ontem, 
Não tenho amanhã nem hoje: 
O tempo que aos outros foge 
Cai sobre mim feito ontem. 

...

 

Mário de Sá-Carneiro

 

 

publicado por psicopersonalidades às 21:29

publicado por psicopersonalidades às 11:08

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

10 seguidores
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

17
21

24
25
27
28

31


pesquisar
 
subscrever feeds